Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 16 de março de 2008

cantando.jpg” Cantar não é apenas uma das formas de expressão mais antigas do ser humano, mas também pode curar muitos males, garantem cada vez mais médicos, que recomendam a prática do canto com regularidade, embora os estudos sobre seus efeitos benéficos do canto sejam recentes.

Até pouco tempo atrás, não existiam estudos científicos a respeito do assunto, mas resultados de pesquisas recentes confirmam inclusive que cantar deveria ser receitado pelos médicos, afirma a doutora Gertraud Berka-Schmid, psicoterapeuta e professora da Universidade de Música e Artes de Viena.

Cantar é a respiração estruturada”, afirma a médica, explicando o efeito fisiológico da respiração abdominal – a mais profunda -, que prevalece quando se canta e que se transforma em massagem para o intestino e em alívio para o coração.

Além disso, garante a doutora, essa respiração fornece ar adicional aos alvéolos pulmonares, impulsiona a circulação sanguínea e pode melhorar a concentração e a memória.

Na opinião da especialista, cantar é um ótimo remédio para os males específicos do nosso tempo, porque equilibra o sistema neurovegetativo e reforça a atividade dos nervos parassimpáticos, responsáveis pelo relaxamento do corpo.

Cantar gera harmonia psíquica e reforça o sistema imunológico, importantes frente a problemas tão freqüentes hoje em dia, como os transtornos do sono, as doenças circulatórias e a síndrome de burnout – a exaustão emocional.”

Eu já deveria ter começado a me soltar há muito tempo!

saiuasuashhuasuhasuhasuhashashusa

Mas essa minha voz me decepciona! Sou capaz de espantar mosquito e quebrar copos. Além de nunca ter conseguido cantar uma música inteira, SEMPRE erro algum detalhe idiota da letra!

Então essa de cantar… tou fora.

Só que de vez em quando no banheiro dá pra perdoar, né?

A platéia de sabonetes e shampoos não reclamam, então tá tudo bem!

Anúncios

Read Full Post »

O Guarani

o-guarani.jpgAutor: José de Alencar

Devo primordialmente prevenir meus visitantes que quando tive a intenção de ler essa obra de José de Alencar não estava muito empolgada.

É um trabalho da escola, a leitura ficou parecendo forçada, me obriguei a ler esse livro, não gosto disso! Eu tenho Cem anos de Solidão pra ler, então por sua vez O Guarani atrasa a minha vida.

Mas não é que a história é boa?

Muito boa mesma, a leitura vai ficando cada vez melhor!

É a história do índio Peri que tem uma adoração pela inocente Cecília, uma branca filha do fidalgo D. Antônio de Mariz, a quem Peri tem como um grande amigo.

É linda a narrativa romântica de José de Alencar, que não fica cansativa e sempre mostrando o lado belo da natureza. Um livro, aliás, completamente patriótico. Onde o índio é o herói.

Mas confessarei uma coisa, não tive lá muita simpatia pela Ceci, ela é um pouco bobinha. Está sempre sendo mimada e protegida. TODOS NO LIVRO QUEREM PROTEGÊ-LA.

Exceto claro, o Loredano. Um ex-frade que abandonou o clérico para saciar sua ambição por riquezas materiais. E então esse homem coloca em risco a vida de Ceci. Que do nada aparece com a insinuação de desejos sexuais, ou obsessão pela menina. Afinal, Ceci é linda!

Mas não só ele, os Aimorés também. Porque resolvem atacar a pacífica morada de D. Antônio de Mariz.

É ai que entra nosso herói Peri, para defender sua senhora.

Existem outros personagens de muita importância, como Alvaro e Isabel que dão muita sensibilidade a palavra amor na história.

É um livro baseado na honra, na dignidade e no heroísmo.

Vale a pena ler!

Read Full Post »